sexta-feira, 31 de maio de 2013

Carlos Villagrán, o Kiko, passará por Lima com sua turnê de despedida em julho !!

Kiko se despede de Lima. O ator Carlos Villagrán regressará a Lima para dizer adeus ao seu cativante personagem do “Chaves”, depois de ter se despedido de várias cidades do Peru, durante sua turnê em 2012.
O popular artista se apresentará com o “Golden Circus” e fará rir a grandes e pequenos em Lima Norte desde o dia 26 de julho, como parte da turnê de despedida que faz por diversos países.
Tal como fez no ano passado nas cidades peruanas de Arequipa, Piura e Trujillo, e em abril e maio último pelo Brasil e Santiago do Chile, Carlos Villagrán se despedirá em julho da cidade de Lima, sendo esta sua última apresentação no país. A turnê latinoamericana concluirá com um show especial em Cidade do México.
O Golden Circus de Kiko estará localizado desde o dia 26 de julho, entre as avenidas Panamericana Norte e Carlos Izaguirre, no distrito de Los Olivos.

via: Terra Peru / Fórum Chaves

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Morre o ator Raúl “Chóforo” Padilla, filho do ator Raúl “Chato” Padilla que interpretou o jaiminho no seriado Chaves

Raúl ”Chóforo” Padilla nasceu no México. “Chóforo” é filho do ator e humorista  Raúl ”Chato” Padilla, o carteiro Jaiminho da turma do Chaves.
Ele fez diversas participações em CH, dentre elas “Ceia de Ano Novo” em 1989, “Hospital do Barulho” em 1990 e “Hum… Esse pão tá Joinha!” em 1993 dentre diversas outras.
Também fez diversas novelas como Maria Mercedes, Maria do Bairro, Esmeralda, Rosalinda, Carinha de Anjo, A Feia Mais Bela, Que bonito Amor, Preciosa e diversas outras.

 Que descanse em Paz!!

Fonte:  Anecdotario de Televisa
                                          

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Curiosidades sobre Ramón Valdés, o Seu Madruga =)


“VÁ LER SOBRE SUA AVÓ!” kkkkkkk


( Ramón usava as mesmas roupas do seu Madruga, menos o chapéu )

Você é fã do “Chaves” e conhece tudo sobre Ramón Goméz Valdés, o seu Madruga? O site mexicano El instransigente listou as maiores curiosidades do ator, morto em 1988 após um avanço de um câncer no pulmão devido ao uso de cigarro.
Conheça as curiosidades ainda não reveladas sobre a vida de Ramón:


                                                                         Trabalhos
Ramón é visto pelos fãs brasileiros nos seriados “Chaves” e “Chapolin”, exibidos pelo SBT. O ator, no entanto, já atuou em mais de 50 filmes, entre os mais famosos, “Calabacitas Tiernas” (1948), “El Rey del Barrio” (1949) e “Soy Charro de Levita” (1949).

Valdés começou sua carreira junto com os irmãos Manuel e Germán no cinema. Em 1968, ele foi convidado por Roberto Gómez Bolaños, o Chaves, para atuar em uma nova atração que se tornaria uma série de sucesso em todo o mundo.

Em 1979, após Florinda Meza, a dona Florinda, assumir um importante cargo na direção do “Chaves”, Ramón decidiu deixar o elenco e foi trabalhar com Carlos Villagrán em outro programa de televisão. Villagrán, o Kiko, também havia saído do elenco da série após divergências com o criador.

A saída do “seu Madruga” do elenco do “Chaves” durou apenas dois anos. Em 1981, Ramón voltava a trabalhar com Bolaños, após inúmeros convites para voltar ao seriado.

                                                              
                                                                       Vida pessoal
Ramón veio de uma família de artistas. Seus irmãos eram atores e também atuavam em vários filmes. Apesar de ser chamado de feio pelos personagens do “Chaves”, ele foi considerado um eterno galã, chegando a dizer que seu maior vício, depois do cigarro, eram as mulheres.

O ator foi casado três vezes e teve dez filhos e, apesar da fama, ele sempre se vestiu de forma simples. As roupas do seu Madruga eram as mesmas usadas por Ramón, que quando chegava aos estúdios da Televisa, colocava apenas o chapéu do pai da Chiquinha.

Apesar da simplicidade e humildade, Valdés tinha moral nos bastidores da Televisa. Um dos donos da emissora vivia dizendo que o cigarro era proibido por lá, mas o ator nunca foi impedido de fumar nos intervalos das gravações.


                                                                 Doença e morte
Em 1987, Ramón já sofria com câncer no estômago e na medula. Fraco, ele foi diagnosticado com outro câncer, este no pulmão. Após meses de internação, o ator faleceu aos 64 anos de idade. Durante o funeral, Angelines Fernández, a dona Clotilde, permaneceu ao lado do caixão por horas.

Valdés era fumante ativo e não largava o cigarro nem mesmo no hospital. O ator era conhecido pelos seus colegas de trabalho como uma pessoa de personalidade forte, porém muito engraçado e atencioso.

Via: rd1.ig.com.br / El instransigente

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Carlos Villagrán participará de programas de TV no Chile nesta semana


Após encerrar sua turnê de despedida no Brasil, o comediante mexicano Carlos Villagrán, conhecido como Kiko, gravará nesta semana várias apresentações para o canal de televisão chileno Mega no marco de despedida de seu personagem, informou hoje a emissora.
O canal indicou que Villagrán, que realiza uma turnê internacional para se despedir do Kiko, se apresentará no espaço de humor Coliseo de Selección  e gravará várias intervenções humorísticas para o resto do mês.
O ator mexicano, de 69 anos, aproveitaria sua estadia no Chile para visitar alguns programas de Mega, atuar como Kiko e explicar as razões que tem para deixar de realizar o conhecido personagem de Chaves.
Uma das gravações para a estação prevê a participação de vários humoristas chilenos que reproduzirão a vizinhança onde se desenvolve a história de Chaves, Kiko e seus amigos.

via:  Notimex / Fórum Chaves

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Edgar Vivar o Seu Barriga do Seriado Chaves Virá ao Brasil em Julho =)


Edgar Vivar virá em julho para o Brasil como convidado em um festival de anime, onde tem sido um fenômeno na série animada El Chavo del ocho. "Os japoneses estão entusiasmados com o sucesso da série no Brasil e na América Latina, e eu vou dar entrevistas", ele compartilhou
 Após seu retorno, Vivar irá se concentrar nos ensaios da obra em que ele vai atuar , "um coração normal", programada para estrear em setembro no teatro Helénico.
 Aguardamos sua vinda para o Brasil com Entusiasmo :D Então agora Já Chegou o Disco Voador no Brasil de novo em Julho :D =)

informação via : Provincia / http://www.provincia.com.mx/2013/05/edgar-vivar-viaja-a-brasil-por-el-chavo-del-ocho/
Helénico.
Copyright © Todos los derechos Reservados, 2012. Operadora y Editora del Bajío S.A. de C.V. Prohibida la reproducción parcial o total de estos contenidos, incluyendo textos, fotografías y videos, sin el permiso por escrito del titular de los derechos de autor.
Helénico
Copyright © Todos los derechos Reservados, 2012. Operadora y Editora del Bajío S.A. de C.V. Prohibida la reproducción parcial o total de estos contenidos, incluyendo textos, fotografías y videos, sin el permiso por escrito del titular de los derechos de autor.
Helénico
Copyright © Todos los derechos Reservados, 2012. Operadora y Editora del Bajío S.A. de C.V. Prohibida la reproducción parcial o total de estos contenidos, incluyendo textos, fotografías y videos, sin el permiso por escrito del titular de los derechos de autor.

domingo, 12 de maio de 2013

O Último Show do Kiko :(


Concerteza foi um momento muito emocionante para quem pode acompanhar este último Show da Carreira de Carlos Villagrán como Kiko !! O Show foi marcado por grandes emoções e muitas rizadas e brincadeiras do bochechudo mais Querido de todo Mundo :D !!! Pois  Certos personagens marcam apenas alguns meses, alguns dias, mas vc Kiko (Carlos Villagrán), é único, pois seu humor é puro, inocente, feito com a alma, obrigado por existir, obrigado por tantas vezes que me fez rir, Muito Obrigado por fazer parte da minha Vida! Que Deus lhe abençõe cada dia mais! e vc sempre estará em nossos Corações eternamente! digo isso com um aperto no coração e muita tristeza  ! Mas talvez não seja um Adeus e sim um Até logo !!! =) :D



Vejam o Vídeo do último Show de Carlos Villagrán como Kiko que foi no Rio de Janeiro :


fotos via: Diego Castanho

sábado, 11 de maio de 2013

O Adeus do Kiko :( Entrevista Exclusiva de Carlos Villagrán



RIO — Na época da vila, Kiko e Chaves eram amigos, mas viviam brigando. Quando Carlos Villagrán saiu do seriado em 1978 e depois foi fazer um programa solo com seu personagem bochechudo, a vila e a amizade com Roberto Gomez Bolaños (autor e intérprete de Chaves) nunca mais foram as mesmas. Trinta e cinco anos depois, Villagrán está aposentando o terninho de marinheiro e, sem lavar a roupa suja, dá esperança aos fãs de uma reconciliação com Chespirito: “Eu aceitaria com muito prazer me encontrar ou falar com ele novamente”, diz Villa. Antes de seu último show no Brasil, pela primeira vez no Rio (neste sábado, às 20h, no Circo da Quinta da Boa Vista), o ator explicou, em entrevista ao GLOBO, por que está se despedindo de Kiko, por quem tanto brigou, até na grafia adaptada no nome com “k”, por problemas de direitos autorais com Bolaños.
O GLOBO: Por que aposentar o Kiko, deixando órfãos os fãs de “Chaves”? Do que você vai sentir mais falta nos palcos?
Carlos Villagrán: Estou com 69 anos. Por respeito aos fãs, vou parar de competir com o meu pior inimigo: o Kiko mais jovem que aparece todo dia na televisão. Não posso brigar com ele, pois ele não envelhece e não vai com a minha cara! Mas os fãs não vão ficar órfãos, a série vai continuar aí para quem quiser assistir. Vou sentir falta do público e das risadas, é muito lindo!
Como está a expectativa para o seu primeiro show no Rio? Já esteve na Cidade Maravilhosa antes?
Já estive no Rio, mas é a primeira vez que apresento meu show. Estou super feliz, pois vai ser uma despedida em um circo, e eu já me apresentei em muitos circos na minha vida. Não vejo a hora de poder agradecer aos amigos do Rio de Janeiro por tanto carinho! Por tantos anos fazendo feliz o meu coração! Afinal, é por causa dos fãs que eu como, e todos os que dependem de mim também.
Você vê alguma diferença entre os fãs brasileiros e os do resto do mundo?
No Brasil há muito mais fãs que nos outros países, e são muito mais empolgados e carinhosos. Amo os fãs brasileiros e tenho muitos amigos daqui pelo Instagram (@carlos_kiko1). Este país significa muito para mim, e meu amor pelo Brasil é tão grande que, quando eu morrer, eu quero que minhas cinzas sejam trazidas para cá.
Os fãs podem ter alguma esperança de você e Chespirito fazerem as pazes?
Eu aceitaria com muito prazer me encontrar ou falar com ele novamente. Não tenho nenhum problema com isso.
Como é a sua relação com os demais integrantes de “Chaves”? Guarda alguma
mágoa deles?
Eu não me misturo com a gentalha (risos)! Não guardo mágoa de ninguém, simplesmente não há relação, nem para o bem nem para o mal. Às vezes nos encontramos em bastidores de programas de televisão pelo mundo. Recentemente, antes de vir ao Brasil, me encontrei com Maria Antonieta de las Nieves (a Chiquinha) em Los Angeles, e gravamos juntos uma esquete com o Kiko e a Chiquinha. Tivemos uma ótima conversa sobre os velhos tempos.
Sente saudade daquele grupo que viajou pelo mundo fazendo shows e encantou gerações?
Lembro com muito carinho de quando éramos como uma família unida. Viajávamos e passeávamos juntos. Foi um grupo tão bonito, que transmitíamos isso no programa.
Que falta faz Ramón Valdés na sua vida?
Don Ramón, o Seu Madruga, era o meu melhor amigo. Era uma pessoa divina, muito querida, humilde e agradável. Que descanse em paz. Éramos muito unidos, e os mais simples do grupo.
Como é a vila do Chaves após a saída de Kiko e Seu Madruga?
Depois que o Kiko saiu — aliás, foi tirado do programa — e da saída do Seu Madruga, a série perdeu a graça. Éramos o sal e a pimenta da série, que nunca mais teve o mesmo sucesso. Todos os personagens ficaram sem função. A Dona Florinda não tinha mais o filho e também não tinha mais em quem bater. A Chiquinha ficou órfã. O Senhor Barriga não tinha mais para quem cobrar o aluguel atrasado. E a Bruxa do 71 perdeu seu motivo de viver. Acabou o programa aí.
E o desenho animado, já assistiu? Aprova o Kiko animado?
Não vejo o desenho, porque tenta imitar a série clássica, mas não é a mesma coisa.
O que representou para você ser nomeado embaixador de Porto Alegre na Copa de 2014?
Foi uma honra muito grande, pois o futebol é minha grande paixão!
E como foi o encontro com o Neymar? Prefere ele ou o Messi? Pelé ou Maradona?
O encontro com o Neymar foi demais, a realização de um sonho! Fiquei muito emocionado, pois ele e o Messi se fantasiaram de Kiko recentemente. E o Pelé e o Maradona são dois grandes ícones mundiais. Eu sou amigo do Maradona, mas foi por causa da Copa de 70 que eu dei a um dos meus filhos o nome de Edson, em homenagem ao Pelé.
Qual seleção você acha a favorita na Copa das Confederações? Acha que Brasil e México têm chances?
Meu coração fica dividido, mas acho que o Brasil é que tem que ganhar. Afinal, aqui é o país do futebol!
Por que você não fica para a Copa das Confederações, já que o México vai jogar contra a Itália no Maracanã?
Eu quero muito assistir aos jogos! Você me dá as entradas? Ou me ajuda a entrar pelos fundos? Me empresta sua televisão?

Via : O Globo

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Carlos Villagrán dá entrevista Coletiva em Campos dos Goytacazes



Com muito bom humor e simpatia inigualável o ator mexicano Carlos Villagrán, o eterno Kiko do seriado do Chaves, o mais antigo em exibição na televisão brasileira esteve no foyer do Teatro Municipal Trianon e coletiva com a imprensa campista. Ao Site Ururau Carlos falou da emoção em interpretar um personagem que atravessou gerações colhendo risos dos filhos e principalmente dos pais.
“Ficamos quatro gerações. No México temos 41 anos que saiu o programa (Chaves), mas chegou aqui ao Brasil há 30 anos. Fico muito agradecido de levar quatro gerações, e o programa agradando toda família, toda gente, de todas as idades, todas as classes sociais. Agradando a meninos muitos pobres até o presidente das nações”, disse Carlos que contou também o segredo de tamanho sucesso.
“Nunca vestimos roupas de mulher, nunca fizemos papeis diferentes do normal. Não promovemos o sexo, não geramos violência, o programa era muito ‘tonto’, muito bobo, mas muito bem feito”.
Amante do futebol e admirador da seleção brasileira Carlos recebeu das mãos da prefeita Rosinha Garotinho, acompanhada do ator Luciano Szafir, que veio conhecer o teatro, uma “bola quadrada”, o sonho do personagem Kiko. O ator fez questão que a prefeita autografasse o presente. Além disso, ganhou uma cesta de doces típicos de Campos e uma camisa do Goytacaz Futebol Clube, de um torcedor do clube.
“Já confessei várias vezes que queria ser brasileiro e ‘depois’, eu quero que minhas cinzas fiquem aqui no Brasil”.
“Kiko tem que ficar sempre o mesmo personagem. Kiko é muito bruto, muito tonto, muito bobo e tem que ficar assim, por que senão, não é Kiko. O que representa o Kiko é que ele quer dançar, cantar, que fazer tudo, mas não sabe fazer nada. Então fica sua comicidade, sua brincadeira. Sempre divertindo a gente, sempre como Kiko.”
“Eu tenho 69 anos e meu inimigo principal é um menino que sai da televisão, que sou eu mesmo, mas 40 anos mais novo. Então eu tenho que deixar de vestir a roupa do Kiko, por  respeito ao personagem, por respeito à vocês, por respeito até mesmo ao seriado do Chaves, por respeito a todo mundo. Vou fazer outras coisas. Mas o seriado vai ficar aí. Vai passar muitos anos e vai ficar aí.”
Villagrán revelou ainda que vai escrever um livro e provavelmente fazer um programa, não como Kiko, mas como Villagrán e deverá retornar ao Brasil durante a Copa, quando irá tocer para o México e para o Brasil.
“Eu penso que o Brasil vai ganhar.”

Carlos Villagrán, 69 anos, é ator e show-man. O “Show do Kiko” vem alegrando jovens de todas as idades há mais de 15 anos, por toda a América Latina. Sempre com muito sucesso, Villagrán atrai a sua enorme legião de fãs por onde passa, fazendo as pessoas rirem com as trapalhadas do garoto mimado que conquistou o mundo: Kiko.
“Trata-se de um ícone que já divertiu mais de quatro gerações. Por onde passa, Carlos Villagrán recebe o carinho de seus admiradores. Campos terá a chance única de contato com ídolo mexicano. Garantam seus ingressos, pois o teatro possui apenas 800 lugares”, explica o presidente da Fundação Trianon, João Vicente Alvarenga.
Os ingressos, para o penúltimo Show do Kiko, que acontece nesta quinta-feira (09/05), às 19h, no Teatro Municipal Trianon já estão esgotados. O ator encerra sua carreira no sábado, com um show na capital fluminense.

Texto: Jornal Ururau
Fotos: Vagner Basilio

terça-feira, 7 de maio de 2013

Carlos Villagrán vai interpretar seu Personagem Kiko pela última Vez Neste Sábado :(






Aos 69 anos, Kiko não chamará mais a sua mãe a cada nova enrascada. Não correrá mais o risco de ficar louco se não “calarem a boca”. E estará longe de qualquer gentalha que possa incomodá-lo. Neste sábado, ele veste pela última vez a roupa preta de marinheiro, o chapéu colorido. E será a última oportunidade de ver as “bochechas de mamão macho” infladas. Será a despedida do ator Carlos Villagrán do personagem que o fez conhecido em várias partes do mundo e uma espécie de ídolo da televisão ‘trash’ no Brasil. “Não sei o que vai acontecer, se vou chorar, mas tenho que fazer isso. Depois deste sábado, nunca mais usarei a roupa do Kiko”, disse, para logo depois imitar o som inconfundível do choro chato do filho da Dona Florinda.
Impossível não ir com a cara dele. Na coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira, em um hotel na Barra da Tijuca, no Rio, fãs se misturavam aos jornalistas que buscavam detalhes sobre a aposentadoria do personagem. Sorridente, Villagrán cumprimentou cada um que o abordou com um aperto de mão. Distribuiu apelidos Senhor Barriga e Nhonho e intercalou respostas sérias com a voz de Kiko, arrancando gargalhadas – essa, aliás, a especialidade de toda a Turma do Chaves. “Nunca precisamos apelar para a violência ou para o sexo para fazer sucesso. Nosso segredo? Brincadeiras simples de entender e de riso fácil. Não havia estrelas. Éramos todos trabalhando juntos para fazer do programa ‘Chaves’ um sucesso”, disse.
Tarefa cumprida. O seriado conquistou a proeza de alcançar o primeiro lugar em 17 países – e ao mesmo tempo, lembra Villagrán. “Agora me despeço. Por respeito a vocês, ao programa e a mim mesmo”, diz o ator, que admite não ser fácil a comparação entre o Kiko que faz agora e o que lançou na TV há mais de quatro décadas. “Meu pior inimigo sou eu mesmo. Tenho 69 anos. Esse Kiko que aparece na televisão é 40 anos mais novo. Preciso fazer outras coisas”, disse. Nos planos, um livro que já está sendo escrito. “Será um livro de agradecimento aos fãs de todo o mundo, por todo o sucesso que me deram como Kiko, como Carlos e como os dois”, explicou.
Futebol - Mais cedo nesta terça-feira, Villagrán esteve na sede do Botafogo, onde posou para fotos com os troféus das Taças Guanabara e Rio, conquistadas neste final de semana. O ator confessou a admiração pelo time, que conheceu graças às jogadas de Mané Garrincha, e surpreendeu provando que conhece a história do clube. Kiko chegou vestindo uma camisa personalizada da seleção brasileira, e a trocou por uma que ganhou do Glorioso. “O Botafogo é muito grande para nós”, exaltou.
A relação com o futebol brasileiro também passa pela capital paulista. “Gosto muito do São Paulo”, disse. O motivo ele não explicou. Mas ao ganhar uma camisa do Flamengo, beijou o escudo e agradeceu – numa prova de que sabe ser simpático como os craques da bola. Villagrán disse ainda que confia na vitória da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014. “É o melhor futebol do mundo, o pentacampeão.”
Show no circo - Depois de passar por São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte, o espetáculo de despedida de Kiko para os fãs brasileiros será realizado no Circo do Parque Municipal da Quinta da Boa Vista, neste sábado, a partir das 19h. Antes, na quinta-feira, o ator se apresenta no interior do estado, em evento da prefeitura de Campos dos Goytacazes. O show conta com a participação do dublador Nelson Machado, a voz do Kiko no Brasil, e da banda Netos da Dona Neves, que toca as músicas do seriado em versão rock. Outras informações, no site www.kikonorio.com ou pelo perfil no Facebook.

Texto : Veja

Só Temos a Agradecer a este Grande Ator por ter criado e interpretado este personagem maravilhoso , e fica aqui registrado nosso sentimento de Tristeza . Obrigado Carlos Villagrán por tudo de maravilhoso que vc e seu personagem Kiko fizeram para todos nós e para Toda a América Latina !! Quem Sabe Não seja um Adeus e sim um Até Breve ! Obrigado Kiko e vc esta guardado sempre em Nossos Corações =) :D

sábado, 4 de maio de 2013

Show do Kiko em Recife =)

 Este domingo dia 05 de Maio será muito especial para os fãs pernambucanos! É dia do show do Kiko em Recife! A partir das 14h, no Clube Português, não percam !! Um Ótimo Show á todos :D

Chaves Vira Mina de Ouro em Licenciamentos de Produtos feitos pelo SBT

O SBT resolveu capitalizar ainda mais em cima do maior curinga de sua programação: o seriado mexicano “Chaves”, que está há mais de 20 anos no ar no país.
A atração, que já foi exibida na emissora nos mais diferentes horários e dias, com incansáveis reprises de seus episódios, está ganhando produtos licenciados no Brasil, fruto de uma parceria da rede de Silvio Santos com o grupo mexicano Televisa, que é proprietário da marca “Chaves”.
Menos de um mês após o anúncio do novo negócio, o SBT já fechou uma série de contratos com empresas interessadas em licenciar produtos de Chaves, Quico, Chiquinha e outros personagens da série cult.
Entre os lançamentos já acertados estão: cadernos, mochilas, dez jogos infantis, bonecos mecanizados, patinetes, bicicletas, carriolas, jogos de cama e banho, painel de fotos, revistas, livros e álbuns de figurinhas, doces, roupas e acessórios para computador.
A emissora também comercializará fantasias dos personagens da série e uma linha de caixas de frutas da marca.
No SBT, há quem aposte que a fama do velhinho “Chaves” irá ultrapassar em licenciamentos novidades do canal como “Carrossel” e a próxima novela da emissora, “Chiquititas”.

Fonte:  Keila Jimenez/Folha de São Paulo

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Estréia no México a 6º Temporada de Chaves em Desenho Animado

No Dia 30 de Abril estreiou no México a 6º Temporada de Chaves em Desenho Animado, com uma grande diferença , pois essa temporada terá apenas 13 episódios .E Ainda Não há previsão de Quando esta temporada virá para o Brasil !! Confira os 13 Episódios na lista abaixo :

1- O Eclipse ( El Eclipse )

2- Na lavanderia  ( En la lavanderia )

3- O livro mágico ( El libro mágico )

4- O jogo de tênis ( El juego de tenis )

5- Viajem de Avião ( Viaje en avión )


6- O Ginásio da Vizinhança ( El gimnasio de la vecindad )

7-  O guindaste do Seu Madruga  ( La grúa de Don Ramón )

8- Qué zorrillo! ( ¡Qué zorrillo! )

9- Chaves o hipnotizador  ( El Chavo hipnotista )

10- Cavaleiros e Dragões  ( Caballeros y dragones )

11- Pois se as Moscas  ( Por si las moscas )

12- A Máscara do Justiceiro  ( La máscara del justiciero )

13- A Fábrica de Brinquedos  ( La fábrica de juguetes )




Hoje é dia do Trabalho =) e o Seu Madruga seria um Grande Trabalhador ?

Não Teríamos como deixar este dia Passar em Branco , Pois Hoje é Dia do Trabalho !! e quem assite ao Chaves sabe muito bem que o Seu Madruga nunca gostou muito de trabalhar , mas mesmo assim ele ja teve todos os tipos de empregos que poderíamos imaginar , como Vendedor , empresário artístico , sapateiro , fotógrafo , treinador de futebol, entre muitas outras !! Por isso o Seu Madruga nunca gostou de Trabalhar, mas sempre tentava arrumar os mais variados empregos , e é por isso que ele criou uma frase inesquecível que é " Não Existe Trabalho Ruim. O Ruim é ter que Trabalhar " Então o Seu Madruga seria para nós como um exemplo de persistência e que entende de tudo um pouco , e que ja fez de tudo um pouco também !! É por isso que seus amigos mais próximos da própria série ja diziam que o Seu Madruga não era um personagem de Ramón Valdés e sim seria como ele mesmo era , batalhador , sempre alegre e mesmo na vida Real tendo feito várias coisas e vários empregos como o seu personagem o Seu Madruga. =)