quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Episódio do Chaves Inédito no Brasil: O Casamento do Seu Madruga com a Bruxa

  Este é um episódio clássico do chaves que foi gravado em 1982!! nele o Chaves sonha que o Seu Madruga e a Dona Clotilde estão casando.Na hora que entram na igreja a Dona Florinda tem uma surpresa o padre é o professor Girafales e o nhonho é o coroinha!! Este é um episódio clássico que não tem no Brasil e vale muito a pena vocês assistirem é um dos episódios mais engraçados da Série!! :)

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

24 anos sem Ramón Valdés nosso eterno Seu Madruga



    Don Ramón (no Brasil: Seu Madruga ou ainda Seu Ramón) é um personagem do seriado de televisão humorístico mexicano Chaves.
Interpretado por Ramón Valdés, seu sucesso permanece até hoje na televisão brasileira, mais especificamente no SBT.
   Na trama, o personagem tem como filha uma garotinha chamada Chiquinha (Maria Antonieta de las Nieves), cuja mãe morreu no seu nascimento. Madruga é sempre injustamente castigado com bofetadas no rosto pela vizinha Dona Florinda (Florinda Meza). Vive fugindo das cobranças de 14 meses de aluguel, feitas pelo Senhor Barriga (Edgar Vivar), dono da vila. Sempre repreende o protagonista, Chaves, por suas travessuras, com cascudos na sua cabeça, porém, não o odeia. Apesar de frequentemente estar de mau humor, é um homem de bom coração, que ama a todos na vila, especialmente as crianças.
Ramón Valdés faleceu em 9 de agosto de 1988, devido a um câncer de pulmão que se espalhou pelo corpo e atingiu a sua espinha, e deixa saudades até os dias de hoje. Ainda hoje, o personagem Seu Madruga é cultuado e possui diversas páginas, blogs e comunidades nos sites de relacionamentos Orkut, Facebook, dentre outras tantas, em sua homenagem.

  Seu Madruga é tido na faixa dos 50 anos de idade (sua idade é provavelmente estimada entre 45 e 50 anos; uma vez que ele afirmou ter 50 em um episódio, porém, em outro, afirma que “ninguém é velho aos 40 e tantos anos” ao falar de si próprio, deixando claro que ainda não atingiu os 50). É um homem maduro, porém um tanto preguiçoso e desleixado com sua vida e suas responsabilidades. Vive arranjando bicos para conseguir dinheiro (chegou a ser dito que ele nunca concluiu o colégio), mesmo com a fama de não gostar de trabalhar. Exerceu diversas atividades, incluindo cabeleireiro, carpinteiro, carregador de lenha, empresário, fotógrafo, agente especializado em compra e venda de artigos para o lar, leiteiro, lutador de boxe, mestre de obras, sapateiro, vendedor de confetes, vendedor de balões e vendedor de churros.
    Seu Madruga é visto como um homem bruto e selvagem (como dito pelo seu crítico, Professor Girafales), que perde a paciência com muita facilidade, inclusive com as crianças e especialmente com Chaves. Apesar disso, é um homem que tem muita fé na vida, que tenta manter o bom humor, apesar das más situações que o cercam. Demonstra ter um bom coração e boas intenções, que são notadas por todos ao seu redor.
    Mora no apartamento nº 72, com a filha Chiquinha, e deve 14 meses atrasados de aluguel ao proprietário da vila, Senhor Barriga, sempre inventando desculpas para não pagar o aluguel. Às vezes, perde a paciência com as crianças e aplica cascudos em Chaves e beliscões em Quico. Neste caso, sempre que é flagrado por Dona Florinda, leva uma bofetada dela no rosto. Às vezes, ele é acusado por ela, mesmo sem ter feito nada ao garoto.
     Sua vizinha, Dona Clotilde, conhecida como Bruxa do 71, é apaixonada por ele e, para agradá-lo, costuma fazer bolos e salgadinhos para ele. Normalmente, as guloseimas são visadas e roubadas pelas crianças da vila.
    Apesar de na maioria dos episódios o Seu Madruga inventar desculpas para não pagar o aluguel, ele já pagou o aluguel em certos episódios.

  Vídeo da ultima participação de Ramón Valdéz no Seriado Chaves no clipe Que bonita Vizinhança de 1982 !!

sábado, 4 de agosto de 2012

Objetos Reutilizados em Chaves e Chapolin

Esta postagem traz fotos de objetos, dos mais variados tipos, que foram utilizados em mais de um episódio de “Chaves” e “Chapolin”. 

» O regador com a “Marca do Chaves”, foi utilizado em 1975, o mesmo três anos depois no episódio “As Pessoas boas devem amar os seus inimigos”:



» O urso de pelúcia de Paty foi utilizado em 1975, depois este aparece no episódio de ano novo: primeiro está no chão, em que na certa  Kiko o ganhou (com um laço no chapéu), depois aparece na loja de brinquedos do clipe “Vem Brincar”:




» A boneca que Chiquinha ganha de Seu Barriga no dia de São Valentim é a mesma do episódio da indigestão do Chaves:




 » O urso de pelúcia da Chiquinha também foi utilizado em 1975 e o mesmo aparece três anos depois em “A Nova Vizinhança”:





» Quadro que já foi utilizado em mais de um episódio do “Chapolin” (além dos da foto, também se encontra no episódio dos microfones ocultos):




 » A caixa da caveira aparece 3 vezes somente em episódios que não eram exibidos antes. Primeiro no “Caçando Lagartixas” e “Sujando o Quico” versões com a Malicha onde ela se encontra ao lado da porta da Dona Florinda, alguns episódios depois Seu Madruga utiliza a mesma para trabalhar como carpinteiro:





 » O vestido que a Florinda Meza usa na esquete “A Indigestão” é o mesmo do “Presídio de Segurança Mínima” (1974):






 » Vestido que Florinda usou na despedida de Frederico, o pai de Kiko, e em episódios do Chapolin, bem como na festa da Boa Vizinhança dos anos 80:






 » A casinha do “Sansão (Sanson)” é usada nos episódios “O Mão Negra”, “Não se enrrugue couro velho que te quero para tambor” e “De caçador e de louco todos nós temos um pouco” (porém neste, pouco se pode ver devido à escuridão do episódio, que se passa à noite).






» O traje de banho do Seu Guillherme (Edgar Vivar) no episódio do Chapolin em Acapulco é o mesmo que o Seu Barriga usa na praia.

» Uma blusa que Florinda Meza usa em “Vazamento de gás” é a mesma que usa em “O retrato da condessa”.

» A pedra que Chapolin coloca em cima do carro no episódio do “Mão Negra” é a mesma que falava na festa à fantasia de 74 e no “Planeta Selvagem” de 75.  Quando Carlos chega dá pra ver a “boca” na pedra.

» O vestido que a Chiquinha usa em ocasiões especiais: como em “O Aniversário do Quico” (1975), no “Festival da Boa Vizinhança” (1976) e em “Um Banho para o Chaves “(1979). O engraçado é que neste último Chiquinha diz que o vestido é novo.

fonte: cantinho CH

 


sexta-feira, 3 de agosto de 2012

ESCLARECIMENTO sobre a notícia de que Carlos Vilagrán ( quico) teria sido humilhado no evento América Celebra a Chespirito

   Ao contrário do que foi informado pela Revista Quem e por diversos meios de comunicação, o ator Carlos Villagrán (Quico) não esteve presente em América Celebra a Chespirito, em fevereiro passado, tampouco sofreu humilhações de qualquer ordem. A informação foi confirmada ao Fórum Chaves por Gustavo Villagrán, filho do intérprete do Quico. "Não foi requerida sua presença", disse Gustavo. Além disso, diferente do que foi publicado pela revista, Carlos não mora no Chile. Ele reside em Guadalajara na maior parte do tempo e por vezes, em Querétaro, ambas as cidades no México.

    Da mesma forma, a suposta humilhação tampouco ocorreu no ano 2000, quando foi realizada outra homenagem a Roberto Gómez Bolaños. Naquela ocasião, Villagrán esteve presente no evento e inclusive subiu ao palco e reencontrou Chespirito.
  Por fim, diferente do publicado pela revista, o ator Rubén Aguirre (Professor Girafales) não encontra-se com sérios problemas financeiros ou de saúde. Ele está no momento em turnê de despedida com seu circo pelo interior do México.

fonte: fórum chaves

Intérprete do Quico diz que foi humilhado em homenagem a Chaves

  O ator Carlos Villágran, o intérprete do Quico, veio a público para dizer que foi humilhado pela equipe de Roberto Bolaños, o Chaves, durante um evento de comemoração dos 40 anos do seriado, realizado pelo grupo Televisa.
    Carlos saiu do Chile, onde mora atualmente, e seguiu para o México - pagando a passagem com o próprio bolso - para participar da homenagem, apesar de não ter sido convidado. No entanto, ao chegar lá e ser barrado na entrada por seguranças, assessores de Bolaños o colocaram dentro de uma sala isolada - sem contato com o resto do elenco ou aos camarins -, onde ele ficou esperando por mais de três horas até acabar o tributo.
Maria Antonieta de Las Nieves, a Chiquinha, confirmou a história e disse que o ator está muito chateado. Ela conta que também não foi convidada nem pela emissora nem por Bolaños a participar do evento. "Carlos nunca passou por uma humilhação tão horrível em sua carreira", contou ela.
A um jornal do México, Villágran disse: "Queria participar da gravação para dizer que não é só o Chaves que fez o sucesso do programa e sim todos nós. Se era uma homenagem aos 40 anos da série, todos deveríamos estar presentes."



Fonte: revista Quem

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Emissora Peruana espalha falso boato de Episódios "Censurados" do Chaves

       O programa “Enemigos Públicos“, veiculado de segunda a sexta 23h da noite pela emissora de televisão peruana Panamericana Televisión exibiu nesta semana uma matéria sensacionalista sobre o seriado “Chaves”. Um grande dramalhão, incluindo trilhas sonoras de suspense, escritos na tela e palavras chamativas foram utilizadas pelo programa para comentar sobre o episódio “Quem brinca de carpinteiro briga o tempo inteiro“.
  Originalmente chamado de “Don Ramón carpinteiro“, este episódio de 1973 é a primeira versão do famoso “Seu Madruga carpinteiro”, tendo como diferenças a duração do episódio, que nesta versão é mais curta, e cenas consideradas violentas por alguns. Este é o famoso episódio em que Chaves veste uma camisa do Chapolin Colorado. Ele foi dublado em português pela Gábia e lançado no Box 5 da Amazonas Filmes.
     Porém, segundo o site da emissora peruana, assim como a matéria veiculada no canal, o nome deste episódio “ainda não foi descoberto pelos fãs”. Este programa parece ser uma espécie de RedeTV! peruana, que, para conseguir audiência, fez um suspense barato baseado num mito da internet. O vídeo da matéria foi publicado no Youtube dia 31/07/2012, e a notícia sobre ele foi publicada no site da emissora um dia depois (01/08). Porém, os fãs sabem sim o nome do episódio, inclusive, sabem que trata-se de uma mentira ser este um “episódio proibido”.

Veja o vídeo:

                           fonte:vizinhança do chaves